Bank as a Service (BaaS): como a Swipe transforma sua empresa em um banco?

“Você provavelmente já está familiarizado com o SaaS – é basicamente pagar pelas aplicações que você usa, ao invés de comprá-las. Esses serviços poderiam custar uma fortura, mas agora eles são muito mais disponíveis. É esse o movimento dos bancos agora. Chris Skinner, partner of the BB Fund

O que é o Bank as a Service?

O Banking as a Service (ou BaaS, abreviado) é um modelo no qual os produtos e serviços dos bancos digitais são disponibilizados para outras empresas através de APIs (Application Programming Interfaces). Através dessa conexão, empresas não bancárias podem oferecer aos seus clientes serviços bancários digitais, como carteiras e contas digitais, cartões de débito e serviços de pagamento personalizados.

As soluções Banks as a service (BaaS) permitem, por meio das APIs e de webhooks que desenvolvedores independentes, fintechs e instituições não financeiras, como restaurantes, escolas e clubes ofereçam serviços bancários aos seus clientes. Com o BaaS, as empresas podem oferecer serviços complexos sem a necessidade de adquirir uma licença bancária própria, sem nunca tocar no dinheiro do cliente ou arcar com as obrigações regulatórias de um banco.

O Bank as a service é um componente chave do Open Banking, novo padrão de comunicação que está sendo adotado pelos bancos. Nesse novo sistema, terceiros podem acessar os dados, serviços e infraestruturas dos bancos, criando ofertas bancárias através de infraestruturas reguladas. 

Bank-as-a-Platform (BaaP)

Na mesma tendencia de segmentação do desenvolvimento da BaaS, nasce o  Banking as a Platform  (ou BaaP, abreviado) um modelo no qual bancos integram serviços de outras fintechs aos seus serviços, aumentando sua oferta existente. A solução BaaP permitem que bancos estabeleçam parcerias com fintechs e empresas de tecnologia emergentes, mantendo-se a frente das inovações tecnológicas.

O BaaP é o inverso do BaaS. No modelo BaaP, o banco possui o cliente, integra o serviço de outra empresa em seu portfólio de produtos e realiza a oferta ao seu cliente final.  No modelo BaaS, o cliente pertence a fintech/empresa não bancária, que integra serviços do banco em seus produtos e oferece essa integração aos seus clientes. 

Vantagens do BaaS

A transformação dos modelos de negócio no setor de pagamento faz parte de uma mudança global. Todas as grandes empresas precisam se adaptar à mentalidade da economia de plataforma. Ao separar a tecnologia de outros processos infraestruturas, o BaaS permite uma cobertura maior da oferta de produtos, disponibilizando recursos de forma mais eficiente e menos custosa em questão de seu desenvolvimento.

Os bancos são instituições financeiras consolidadas cuja infraestrutura inclui grande regulamentação, licenças, medidas de conformidade e inúmeras integrações que garantem a segurança dos fundos dos usuários. A complexidade dos sistemas bancários e de pagamentos tradicionais requer muito investimento financeiro e de infraestrutura, o que é inviável para a maioria das empresas de médio e grande porte.

 Na era digital, as empresas não podem deixar que seu sistema legado e arquitetura rígida comprometam a flexibilidade, velocidade e escalabilidade de suas operações. Para contornar os gargalos, dificuldades e custos envolvidos nessa gestão, as empresas interessadas em oferecer serviços de pagamentos  aos seus clientes escolhem utilizar a infraestrutura que já existe, fazendo uma parceria com os bancos, em vez de criar suas soluções do zero.

A contratação de um serviço BaaS libera desenvolvedores para que eles possam se concentrar nas funcionalidades e problemas específicos de seus negócios. Enquanto isso, eles acessam os recursos desenvolvidos por outros especialistas por meio de APIs. Assim, as empresas bank as a service diminuem a redundância do mercado, liberando recursos humanos.

Outra vantagem de acessar serviços via bank as a services é que as APIs de terceiros geralmente são melhores. Elas funcionam melhor e fornecem mais flexibilidade do que as APIs criadas internamente, devido ao know-how das empresas. 

Como a Swipe ajuda empresas que querem oferecer serviços financeiros? 

A Swipe é uma empresa que ajuda fintechs e empresas não financeiras a ofertarem serviços financeiros, como criação de contas e carteiras digitais, pagamentos instantâneos e transferências p2p, oferecendo a chance de inovação especializada.  Utilizando a API da Swipe, qualquer empresa pode construir seus próprios serviços bancários modernos e escaláveis.

Como um BaaS que se comunica com diferentes APIs de diferentes instituições, a Swipe integra uma ampla gama de sistemas e informações necessárias para que empresas criem e ofereçam novos produtos bancários. A infraestrutura unificada da Swipe faz com que empresas possam oferecer serviços financeiros sem se preocupar com integrações complexas.

O processo é simples. Nós funcionamos como um provedor de terceiros que se comunica com as instituição financeiras por nossos clientes. As empresas interessadas conectam-se a nossa super API e aproveitam de todas as funcionalidades e integrações com as quais a Swipe está conectada. 

Faça parte da revolução financeira

Através da nossa API, empresas podem criar carteiras digitais de forma rápida e segura. A Swipe fornece todas as integrações e infraestruturas tecnológicas necessárias para sua empresa entrar para era digital. Conheça as 10 vantagens de criar uma carteira digital com a Swipe.

Quer criar sua carteira digital white label? Entre em contato através de: contact@swipetech.io

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: